Tabela de frete dos caminhoneiros será suspensa, diz ministro

A tabela de frete será suspensa nesta segunda-feira (22), disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e a assessoria de imprensa do ministério informou que a suspensão deve vigorar até quarta-feira, quando o ministro se reunirá com representantes dos caminhoneiros, que manifestaram contrariedade com a versão mais recentes da tabela.

“Ela está suspensa e, portanto, volta a valer a antiga, até que consigamos construir consenso”, disse o ministro à Reuters por mensagem, segundo o Terra.

De acordo com a assessoria da pasta, o ministério encaminhou ofício à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) pedindo formalmente a suspensão cautelar da nova versão da tabela, o que deve ocorrer ainda nesta segunda-feira.

De acordo com o ministério, Tarcísio tem mantido diálogo frequente com lideranças dos caminhoneiros, que no ano passado fizeram uma greve que gerou desabastecimento e forte impacto na performance da economia. A categoria apoiou, em sua maioria, o presidente Jair Bolsonaro na campanha eleitoral do ano passado.

A nova tabela de fretes, aprovada após quatro rodadas de audiências públicas realizadas neste ano, foi elaborada pela Esalq-Log, da USP, e a próxima revisão oficial está prevista apenas para o início de 2020. A tabela, agora suspensa, foi publicada pela ANTT na quinta-feira e passou a vigorar no sábado.

22/07/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *